Cine Cear: Filme policial com Lzaro Ramos encerra 30 edio do festival – Jornal Notícias do Ceará

Thalita Carauta e Lzaro Ramos em cena de O Silncio da Chuva (Foto: Mariana Vianna/Divulgao)

FortalezaO silêncio da chuva (1996), primeiro romance de ficção do carioca Luiz Alfredo Garcia-Roza (falecido em abril deste ano), ganha a sua primeira adaptação para o cinema com um longa-metragem dirigido por Daniel Filho (Se eu fosse você e Chico Xavier), roteirizado por Lusa Silvestre e protagonizada por Lázaro Ramos, que vive o marcante detetive Espinosa, personagem bastante presente na obra do autor. Nesta sexta-feira (11), o filme irá encerrar o 30º Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, com sessão exclusiva no cineteatro São Luiz de Fortaleza. O festival foi realizado desde o dia 5 de dezembro com exibições no cineteatro e pelo Canal Brasil. Lázaro Ramos também será o homenageado da noite.

O filme de Daniel Filho é uma adaptação do romance policial para o Rio de Janeiro da atualidade. A obra se inicia com a morte de Ricardo Carvalho, importante empresário que é encontrado com um tiro na cabeça dentro do seu luxuoso carro, no Rio. Vários personagens são suspeitos: a viúva e o seu amante, a secretária e o sócio do empresário.

Com produção da Lereby e coprodução com a Globo Filmes, o longa é feito para agradar o público das salas comerciais. Isso é reforçado por um elenco com vários globais: Cláudia Abreu vive a viúva Beatriz Vasconcelos, Thalita Carauta é Daia, parceria de Espinosa. Ela recebeu o prêmio de melhor atriz no BRICS Film Festival, realizado na Rússia. Otávio Muller, Pedro Nercessian e Bruno Gissoni também integram o time.

O silêncio da chuva preserva algumas características de Garcia-Roza, como a forte presença de espaços públicos famosos do Rio e a descrição dos bairros da cidade. Também tem algumas inovações, como maior destaque para personagens femininas e a transformação de Júlio (Pedro Nercessian) em um garoto de programa (ele é um professor universitário no livro). É um filme que prende a atenção, diverte e serve como entretenimento – marcas de Daniel Filho. Ao final do longa, fica a sensação de que está se vendo um episódio de série e que mais histórias virão. Considerando que Espinosa esteve em vários livros, a sensação de continuidade é natural.

Solenidade de encerramento

A Solenidade de Encerramento e Premiação do 30º Cine Ceará será exibida em seguida da sessão, às 21h30, simultaneamente no Cineteatro São Luiz, no canal do festival no Youtube e na TV Ceará. Na ocasião, serão anunciados os vencedores das Mostras Competitivas e o ator Lázaro Ramos será homenageado. O ator enviou vídeo de agradecimento ao festival.

Confira abaixo a programação completa desta sexta-feira:

11h – DEBATE – Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem  

A Media Voz (A Meia Voz). Heidi Hassan e Patricia Pérez Fernández. Documentário. 80′  Espanha-França-Suíça-Cuba. 2019. 

 

14h – DEBATE – Mostra Olhar do Ceará (Curtas exibidos na Sessão 8 e longa)

Movimento. Lucas Tomaz Neves. Documentário. 22’. Ceará. 2019. 

Plástico. João Paulo Duarte. Ficção. 10’. Ceará. 2020. 

Terceiro Dia. Jéssica Queiroz. Ficção. 10’. Ceará. 2020. 

Rio de Vozes. Andrea Santana e Jean-Pierre Duret. Doc.93′. BA/PE – Brasil.2019. 

Cineteatro São Luiz

20H – MOSTRA COMPETITIVA IBERO-AMERICANA DE LONGA-METRAGEM 

O silêncio da chuva. Daniel Filho. Ficção. 96′. Brasil. 2020. Classificação indicativa: 18 anos 

Cineteatro São Luiz, Canal do Cine Ceará no Youtube e TV Ceará

21h30 – SOLENIDADE DE ENCERRAMENTO E PREMIAÇÃO 

Homenagem ao ator Lázaro Ramos  fsi



Por , em 2020-12-11 09:56:00


Fonte www.diariodepernambuco.com.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: