Contribuição dos servidores ao Novo Issec terá reajuste zero – Jornal Notícias do Ceará







11 de dezembro de 2020 – 14:34
#Governo do Ceará #Instituto de Saúde dos Servidores #ISSEC #plano de saúde #Seplag


Luiz Pedro Neto – Ascom Seplag
Tatiana Fortes – Foto


O plano de saúde dos servidores do Estado atende 78 mil usuários, com rede credenciada na capital e em 52 municípios

A contribuição dos usuários do Instituto de Saúde dos Servidores do Estado do Ceará (Issec) terá reajuste com percentual zero em 2020, valendo para os primeiros meses de 2021. O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana, nesta sexta-feira (11), por meio das redes sociais.

“O aumento estava previsto anteriormente para 13,57% pelo Conselho de Gestão do Instituto, mas não haverá aplicação de reajuste”, confirmou Camilo Santana. O Issec, que tem rede credenciada na capital e em 52 municípios do interior, já realizou neste ano de 2020 mais de 600 mil atendimentos, sendo 200 mil consultas e 70 mil procedimentos de saúde em internações hospitalares. Hoje são 78 mil usuários, sendo 49mil titular/servidor.

Segundo o superintendente do Issec, Olavo Peixoto, o controle da gestão econômico-financeira do Fundo de Assistência a Saúde dos Servidores do Estado do Ceará (FASSEC) permitiu um saldo positivo de provisão financeira, possibilitando o não reajuste contributivo das mensalidades. “Registre-se, ainda, que as contribuições ao Fassec são extremamente vantajosas quando comparadas aos planos de saúde de mercado”, assegura.

Deliberações

A definição do índice de reajuste das contribuições dos servidores foi tema da pauta da reunião presencial do Conselho de Gestão do Issec, realizada no último dia 3, na Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag), com a presença de representantes do Governo e dos servidores. A pauta tratou ainda do aporte governamental.

Além de deliberar sobre o índice de reajuste anual, a pauta do encontro definiu também estabelecer três reservas técnicas de recursos do Fundo de Assistência à Saúde do Servidor Público (Fassec), favorecendo o maior equilíbrio fiscal e longevidade ao novo modelo de gestão do Issec.

Durante a reunião foi apresentado Estudo Atuarial, com informações de investimentos e números de atendimentos. Conforme o levantamento, baseado em números de 2018/2019, 40% dos usuários do Novo Issec são da Secretaria da Educação, vindo logo em seguida a Polícia Militar. Outro dado indica que a maioria dos usuários está na faixa acima de 59 anos.

O Governo esteve representado pelo secretário da Seplag, Ronaldo Borges, secretário adjunto da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE), Marconi Lemos, superintendente do Issec, Olavo Peixoto, e secretário do Planejamento e Coordenação da Secretaria da Saúde, João Francisco. A bancada dos servidores contou com as conselheiras Jeruza Feitosa e Patrícia Gomes e o conselheiro Heleno Maia.





Por , em 2020-12-11 14:34:00


Fonte www.ceara.gov.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: