Aeronave que iria trazer deputado Jesus Sérgio de Tarauacá para Rio Branco apresenta falhas | ac24horas.com – Jornal Notícias do Ceará

Uma viatura do 8º Batalhão de Educação, Proteção e Combate a Incêndio Florestal/Urbano (8º BEPCIF), sediado em Xapuri, se acidentou na tarde desta sexta-feira, 1º, na Rodovia AC-485, (Estrada de Petrópolis), quando fazia o transporte pré-hospitalar de um homem que passou mal, com dores no peito e nas costas, na colocação Maloca Queimada, no seringal Floresta.

O veículo, uma caminhonete Toyota Hilux, capotou em um barranco depois de derrapar na lama e bater em um buraco na parte lateral da estrada de chão quando já se aproximava do bairro Sibéria. Estavam no veículo, no momento do acidente, os cabos Breda e Adelson, além do paciente e sua acompanhante, que está grávida; no entanto, ninguém se feriu.

Um dos militares, porém, foi atacado por marimbondos quando tentava sair da viatura. O cabo Adelson relatou que tomou mais de 20 ferradas, inclusive no rosto e na cabeça, ficando muito empolado, mas garantiu que não teve maiores consequências em razão disso. “Quando a caminhonete tombou a porta não abria, então tive que sair pela janela, mas já estou bem”, disse o militar.

A tenente Marcela Sopchaki, comandante do Batalhão de Xapuri, informou que em virtude de a unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) não estar na cidade, o Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer a ocorrência clínica. Comumente, um profissional do Samu acompanha os bombeiros nos atendimentos feitos em locais de difícil acesso.

O tipo de atendimento em que a viatura se acidentou, nesta sexta-feira, é rotineiro para os bombeiros militares de Xapuri. Em janeiro do ano passado, uma equipe do 8º BEPCIF ajudou no nascimento de uma criança, uma menina que foi batizada com o nome de Vitória, cuja mãe, de apenas 16 anos, estava em trabalho de parto no momento em que os militares chegaram.

A tenente Marcela Sopchaki ainda informou que enquanto não ocorrer a manutenção ou a substituição do veículo acidentado, não será possível para o seu batalhão fazer os atendimentos em locais distantes, pois essa era a única viatura usada para esse fim. A caminhonete foi retirada do local com a ajuda de um trator e já está no pátio do 8º Batalhão.

Por , em 2021-01-02 13:34:57


Fonte ac24horas.com

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: