UPAs de Fortaleza ganharão mais 74 leitos de observação para a Covid-19, anuncia Sarto Nogueira – Metro – Jornal Notícias do Ceará

O prefeito Sarto Nogueira anunciou, na tarde desta quinta-feira (11), que as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Fortaleza ganharão mais 74 leitos de observação para a Covid-19. Serão 170 ao total, somados aos 96 que já existem nos seis equipamentos administrados pelo Município. A data de entrega, no entanto, não foi divulgada.

Sarto visitou a UPA do bairro Edson Queiroz durante a manhã.

“Já entregamos (novos leitos) aqui na UPA do Dendê, no Edson Queiroz. São 20 leitos já entregues e tem outros 10 que já estão em processo de construção”, explicou o prefeito durante a visita. O equipamento contava com 15 leitos e, com a expansão, terá 45.

Dados

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a expansão será realizada de forma gradativa nas demais UPAs. Informações sobre o cronograma da ampliação e o modo de funcionamento dos leitos de observação para a Covid-19 serão divulgadas em breve, segundo a pasta. 

Conforme dados do IntegraSUS, plataforma digital da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), 89 pacientes com casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 foram atendidos nas UPAs de Fortaleza nesta quinta-feira (11). O portal também informa que há, nesta quinta, 41 pessoas internadas nos equipamentos administrados pelo Município.

Outras ampliações

Também de acordo com o prefeito, há o esforço para ampliar a capacidade de atendimento no Instituto Dr. José Frota (IJF) e no Hospital da Mulher, a depender da circulação viral na Cidade e da demanda assistencial.

“Fortaleza está trabalhando para oferecer à sua população a quantidade necessária de leitos para enfermaria e para UTI”, garantiu Sarto Nogueira.

Decreto

O prefeito citou ainda o decreto estadual que estabelece novas regras para o período de 12 a 17 de fevereiro, quando haveria o Carnaval.

Além da proibição de festas e do cancelamento do ponto facultativo na segunda e na terça, foram definidas novas determinações para prevenir a proliferação do vírus e das variantes dele, pedindo consciência aos jovens, perfil mais acometido pela doença.

Durante a visita, ele reforçou que ainda estamos em meio à pandemia e, por isso, é fundamental que a população siga os protocolos que garantem a segurança sanitária, como usar máscara, seguir o distanciamento social, higienizar as mãos, lavá-las as mãos com água e sabão ou passar álcool em gel.



Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza





Por , em 2021-02-11 17:44:15


Fonte diariodonordeste.verdesmares.com.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: