Estado e CBF firmam posição contra exceções, e Fortaleza x Bahia pode ser em Natal | Ceará Sporting Club | Times – Jornal Notícias do Ceará

Estádio costuma ser de muita força para Ceará e Fortaleza (Foto: Aurelio Alves/O POVO)

O novo decreto com medidas de combate à pandemia do novo coronavírus, publicado na última quarta-feira, 17, gerou um imbróglio para os times cearenses nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro. O Governo do Estado quer evitar exceções ao toque de recolher das 22 horas às 5 horas, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não pretende abrir precedentes, e os jogos Fortaleza x Bahia e Ceará x Botafogo-RJ podem ser realizados em Natal, no Rio Grande do Norte, apurou o Esportes O POVO.

A partida que gera maior mobilização é o duelo nordestino, marcado para as 21 horas do próximo sábado, 20, na Arena Castelão. Os dois tricolores disputam uma vaga na próxima edição da Série A e há um prazo mais curto em caso de mudança de sede. O Esportes O POVO apurou que o Leão do Pici já foi informado da possibilidade de atuar em outra cidade.

A situação também pode afetar o confronto alvinegro da próxima quinta-feira, 25. Todas as partidas da última rodada do Brasileirão estão marcadas para as 21h30min, mas o Glorioso já está rebaixado para a Segunda Divisão e o Ceará tem vaga praticamente assegurada na próxima edição da Copa Sul-Americana. Resta, portanto, a definição de colocações finais na competição – o que envolve premiação em dinheiro, no caso do Vovô.

Após o governador do Ceará, Camilo Santana, divulgar a medida na noite da última quarta, a Federação Cearense de Futebol (FCF) passou a debater a situação e entrou em contato com a CBF. Inicialmente, houve uma sinalização positiva da entidade nacional para alterar o horário ou até a data dos confrontos em razão do decreto. A decisão, então, caberia à TNT, emissora detentora dos direitos de transmissão.

No entanto, a CBF passou a firmar posição de evitar mexer nas tabelas diante das medidas restritivas dos Estados e Capitais a fim de não abrir precedentes. O Governo do Ceará segue a mesma linha e quer evitar exceções. Caso as partes não cedam, a alternativa para os clubes será finalizar a temporada em Natal.

Por , em 2021-02-18 15:58:00


Fonte www.opovo.com.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: