Após pênalti e expulsão contra o Bragantino, Barbieri reclama de falta de critério da arbitragem | bragantino – Jornal Notícias do Ceará

O técnico do Red Bull Bragantino, Mauricio Barbieri, deixou a partida contra o Guarani, terminada em 1 a 1, em Campinas, reclamando sobre a falta de critério da arbitragem. Ele considera que o mesmo tipo de lance tem tido diferentes interpretações dos árbitros. Nesse domingo, a bronca foi com o pênalti marcado nos minutos finais do primeiro tempo envolvendo o lateral-direito Aderlan. A bola bateu na coxa e depois no braço do camisa 13, que acabou expulso pelo árbitro Adriano de Assis Miranda. O lance resultou no gol do Bugre (veja a jogada abaixo).

Reveja o lance do pênalti de Aderlan

– Difícil falar porque cada momento é uma coisa. Ele entendeu e usou os critérios dele, mas nós que estamos aqui não entendemos mais nada. Contra o Ceará pelo Campeonato Brasileiro, tem um lance em que o Sobral vai tirar a bola, ela bate na coxa antes, depois na mão e sequer pênalti foi. Aí, hoje bateu na coxa e depois na mão. Além do pênalti, ele resolve expulsar o jogador. Não foi intencional. Ele sequer foi ao VAR. Vira uma coisa atrás da outra e aí o campeonato perde lisura. Fica sem critério – disse Barbieri.

Na visão do treinador do Massa Bruta, o lance acabou mudando a história do jogo pela forma que a equipe costuma jogar, tomando a iniciativa da partida.

– (A expulsão ) mudou a história do jogo. Conversamos no intervalo que teríamos que fechar mais os espaços e ter oportunidade no contra-ataque. A gente não conseguiu criar chances claras porque teve que abrir mão de algumas coisas. Os jogadores com um homem a menos se dedicaram, lutaram carregando uma temporada de 2020 nas costas, sem descanso, então tenho que dar parabéns a todo o elenco por esse ponto – destacou o treinador.

Barbieri pede critério definido para lances de bola na mão — Foto: Divulgação/Red Bull Bragantino

Veja outros trechos da entrevista coletiva de Barbieri em Campinas

O ponto conquistado
É um ponto positivo, dentro das circunstâncias do jogo. Claro que a gente veio para buscar um resultado diferente e, aí, a gente tem a responsabilidade porque cometeu um erro bobo ali no final do primeiro tempo de um jogo controlado, 1 a 0, que originou essa oportunidade e depois toda a confusão com a arbitragem.

Manutenção do estilo de jogo com rodízio de atletas
– Tirando o Jadsom que chegou agora, os jogadores que aqui estão já entenderam a maneira de jogar. Algo que a gente vai trabalhar são algumas variações, mas em função de uma não quebra de uma temporada para a outra, a gente praticamente não tem tido tempo para trabalhar.

O elenco do Bragantino terá folga nessa segunda-feira e se reapresenta na próxima terça-feira, 9. Na segunda posição do Grupo C com cinco pontos, o Massa Bruta volta a campo no domingo, 14, contra o Santo André, no Nabizão.

Por , em 2021-03-07 19:13:58


Fonte globoesporte.globo.com

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: