Secretaria da Segurança do Ceará pede inclusão das forças policiais como prioridade para vacinação contra Covid-19 | Ceará – Jornal Notícias do Ceará

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE) assinou uma carta do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp) com pedido de inclusão das forças policiais dentre as prioridades para a vacinação contra a Covid-19. (veja a carta na íntegra)

A carta, assinada por gestores da Segurança Publica do Brasil, incluindo o secretário da SSPDS, Sandro Caron, foi enviada ao ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, e ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

Na carta, é destacado que, desde o início da pandemia do novo coronavírus, “as forças policiais têm sido empregadas no cumprimento das medidas de controle sanitário, expedidas pelas esferas federal, estadual e municipal, no sentido de conter ações que contribuam para a disseminação da doença”.

“Todas essas atividades são realizadas de forma presencial, em contato com as pessoas, e com alto grau de exposição à contaminação pelo vírus. A cada chamada dos telefones de emergência, o policial militar, o policial civil, o bombeiro e o perito devem se deslocar até o local do fato, e, em contato com as pessoas tomar todas as medidas que a lei exige. Não há espaço para home office. Pelo contrário, os recursos humanos são levados à exaustão, em face do aumento das atividades policiais e os afastamentos e perdas gerados pela própria doença”, afirma a carta.

Os secretários da Segurança Pública do Brasil solicitam reconhecimento às forças de segurança pública “do mesmo tratamento destinado às forças de saúde, as quais estão igualmente colocadas na linha de frente, exigindo-se assim condições mínimas para cumprir a sua missão, e continuar ajudando o Estado e o povo brasileiro nesta grande batalha.”

Veja mais notícias do Ceará no G1 em 1 Minuto:

Por , em 2021-03-11 16:45:36


Fonte g1.globo.com

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: