110 atividades e eventos já foram encerrados em 2021 pela Prefeitura de Fortaleza | Ceará – Jornal Notícias do Ceará

Balanço da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) aponta que 110 atividades ou eventos foram encerrados em 2021 por descumprimento ao decreto estadual de combate à Covid-19. Os números foram repassados pela superintendente da agência, Laura Jucá, em transmissão em redes sociais, nesta sexta-feira (12), e compreendem o período entre 1º de janeiro e 10 de março.

O governador Camilo Santana (PT) decretou a implantação do isolamento social rígido, nessa quinta-feira (11), em todos os municípios cearenses, após os níveis de alerta de transmissão da doença atingirem o nível altíssimo em praticamente todo o estado. As medidas serão aplicadas no início deste sábado (13) até 21 de março. Fortaleza está com restrições mais duras desde 5 de março deste ano.

Além do encerramento de eventos, que promoveram aglomeração em discordância com as normas sanitárias previstas, a Agefis realizou 1.132 fiscalizações, emitiu 316 documentos fiscais (notificações e autos de infração) e interditou 133 estabelecimentos comerciais. Os números não consideram os balanços realizados pelas forças de segurança estadual e a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

Veja os números das ações de fiscalização:

  • 1.132 fiscalizações
  • 316 documentos fiscais emitidos, entre notificações e autos de infração
  • 133 estabelecimentos comerciais interditados
  • 110 eventos e atividades encerrados

Conforme Laura Jucá, a interdição de um estabelecimento comercial só é feita “quando realmente são verificados casos muito graves, que vão em desacordo ao decreto de isolamento social rígido, como a falta de álcool em gel, distanciamento social e uso da máscara, que é imprescindível”, explica.

Ao lado dela, o secretário da Segurança Cidadã de Fortaleza, coronel Eduardo Holanda, afirmou que as equipes da Guarda Municipal e da Agefis estão presentes nos 121 bairros de Fortaleza, “mas é humanamente impossível fazer esse trabalho se as pessoas não se conscientizarem”.

O secretário pontuou que está proibido fazer exercícios nas ruas, calçadas e espaços públicos. “A pessoa só pode sair de casa para cumprir alguma coisa que esteja no escopo da atividade essencial”, disse, ao pedir que a população ajude no combate a eventos e estabelecimentos que estejam infringindo a lei.

Denúncias à Prefeitura podem ser feitas pelo telefone 156, pelo aplicativo Fiscalize Fortaleza e pelo site da própria Agefis.

Assista às principais notícias do Ceará no G1 em 1 Minuto:

Por , em 2021-03-12 10:04:14


Fonte g1.globo.com

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: