Camilo: hospitais do Ceará estão com suporte de oxigênio, mas há problema de fornecimento em unidades municipais – Focus.jor – Jornal Notícias do Ceará

Oxigênio Hospitalar. Foto: divulgação/MPCE.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O governador Camilo Santana afirmou que não há falta de oxigênio nos hospitais do Ceará.

Em suas redes sociais, o gestor destacou que o imbróglio está em questões logísticas. “Todos os hospitais e equipamentos de saúde do estado estão com suporte de oxigênio suficiente, mas há um problema de fornecimento em muitos equipamentos municipais, pela questão da logística das empresas contratadas pelos municípios. Ou seja, não há falta de oxigênio no Ceará, mas problema na entrega dessas empresas para os municípios que as contrataram”, declarou.

Neste domingo, 14, Camilo se reuniu com presidente da Assembleia Legislativa, presidente da Associação dos Prefeitos (Aprece), MPCE, MPF, e os secretários da Saúde e da Casa Civil.

Na ocasião, foram discutidas formas de apoiar os municípios, entre elas a negociação com as empresas fornecedoras de oxigênio.

Fornecimento interrompido
A A&G Gás informou que suspenderia já nesta segunda-feira, 15, o fornecimento a municípios cearenses por causa da alta demanda.

A companhia responde pelo abastecimento das cidades de Amontada, Baturité, Pacatuba, Pacoti, Ocara, Guaramiranga e Madalena.



Por , em 2021-03-15 09:40:00


Fonte www.focus.jor.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: