Assembleia Legislativa autoriza compra de 5,8 milhões de doses da vacina russa Sputnik V – Badalo – Jornal Notícias do Ceará

Foi aprovado nesta terça-feira (16) pela Assembleia Legislativa do Ceará, em sessão virtual, um Projeto de Lei que autoriza o Governo do Estado a adquirir 5,8 milhões de doses da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19. O governador Camilo Santana (PT) havia enviado o pedido aos deputados estaduais para aprovação da compra dos imunizantes nesta segunda-feira (15).

“Encaminhei à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei que autoriza o estado do Ceará a realizar a operação contratual para aquisição da vacina Sputnik V. Nossa intenção é adquirir de forma direta 5,87 milhões de doses para o reforço da campanha de imunização”, disse Camilo Santana.

O governador usou as redes sociais também para informar sobre a reunião com o presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, e governadores para acompanhamento da aprovação das vacinas pelo órgão.

“Na ocasião, ficaram acertados os procedimentos de aprovação da Sputnik, o que deve ocorrer em 7 dias úteis após a entrada da documentação. Ainda tratamos de outras vacinas, como a AstraZeneca do consórcio Covax/Facility, que tem previsão de chegada de um lote na semana que vem; e sobre a aprovação da vacina indiana Covaxin”, complementou o governador.

O Ceará deve receber nesta semana novo lote de vacinas contra a Covid-19. A nova carga contém 180 mil doses. O nono lote de vacinas contra a doença foi anunciada pelo governador Camilo Santana, na manhã desta terça-feira (16), durante uma vistoria nas unidades de campanha do Hospital Geral de Fortaleza. A carga chega ao Ceará na quarta-feira (17).

“Estamos lutando muito pelas vacinas. Aliás vamos receber um lote de 180 mil vacinas agora provavelmente amanhã no Ceará. Vamos dar continuidade, mas tem sido muito pequena a quantidade diante da necessidade, afirmou.

Durante o anúncio, Camilo Santana, afirmou que deverá anunciar novas medidas duras contra o avanço da Covid-19 no estado.

“Vamos anunciar nesta semana novas medidas. Sei que são medidas duras que afetam a economia do estado, afeta a vida das pessoas, mas o estado tem de fazer um esforço de fazer medidas importantes que possam socorrer e apoiar as famílias mais vulneráveis do estado do Ceará. Em breve vamos anunciar novas medias”, reforçou.

Por , em 2021-03-16 17:55:00


Fonte www.badalo.com.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: