Ceará vai alugar câmaras frigoríficas para armazenamento de corpos – Jornal Notícias do Ceará

postado em 16/03/2021 18:03 / atualizado em 16/03/2021 18:11


(crédito: AFP / Ina FASSBENDER)

A Secretaria de Saúde do Ceará pediu o aluguel de oito câmaras frigoríficas para acondicionamento de vítimas da covid-19. O motivo é o aumento expressivo de casos e mortes pelo novo coronavírus e a grande demanda de pacientes por internação hospitalar. A medida faz parte do plano de contingência e enfrentamento da pandemia, reforçando o decreto que prorroga o isolamento social e estabelece medidas de prevenção contra o vírus.

De acordo com a publicação no Diário Oficial do Ceará, o aluguel das câmaras atenderá o Hospital Geral de Fortaleza, o Hospital São José e as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da rede de saúde. O orçamento previsto para locação dos itens é de R$ 212.850. Segundo a Secretaria de Saúde, o órgão “se prepara com antecedência para todos os cenários e monitora a todo o momento a situação da doença no estado”.

Um decreto estadual permite somente atividades consideradas essenciais até 21 de março. Inicialmente, a medida de isolamento social rígido incluiria apenas Fortaleza, mas foi ampliada para todo o estado.
O uso de câmaras similares também ocorreu em maio de 2020, durante o ápice da primeira onda da pandemia no Ceará. Na ocasião, elas foram instaladas no Instituto Doutor José Frota (IJF) e em UPAs de Fortaleza.

Em uma rede social, o governador Camilo Santana anunciou o recebimento de novo lote da vacina contra o Coronavírus e a expectativa de adquirir mais “5,87 milhões de doses da Sputnik”. O Ceará já registrou mais de 473 mil casos confirmados e 12.314 mortes por covid-19.

* Estagiário sob supervisão de Mariana Niederauer


 

Por , em 2021-03-16 18:03:00


Fonte www.correiobraziliense.com.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: