Seis pessoas envolvidas na morte de tubarão na Praia do Balbino, no Ceará, são autuadas por crime de maus-tratos | Ceará – Jornal Notícias do Ceará

  • Tubarão aparece na Praia do Balbino, no Ceará, e é morto; vídeo

O caso aconteceu neste domingo (14), após o tubarão aparecer nadando na superfície do mar. Ele teria sido retirado do local e morto em seguida. Vídeos mostram o animal sendo puxado por um buggy, amarrado em uma corda. Em outras imagens o animal aparece agonizando na areia da praia com pedaços de madeira enfiados na boca.

Os seis envolvidos no crime foram identificados após investigações da polícia e do Ibama, com base nas imagens que foram divulgadas nas redes sociais e com diligências à praia onde o caso aconteceu. O total em multas aplicadas foi de R$ 4.300 e a pena é de detenção de três meses a um ano e multa, podendo ser aumentada de um sexto a um terço pela morte do animal.

Tubarão morreu após ter sido retirado do mar no litoral do Ceará. — Foto: Divulgação

Uma testemunha que prefere não ser identificada disse que o animal foi retirado do local por pescadores para comê-lo.

“O tubarão apareceu bem no rasinho, coisa muito rara. Muitos curiosos correram para olhar e filmar. Nesse mesmo momento, alguns pescadores chegaram e começaram a cercar o animal na intenção de pescar. Eles conseguiram, pescaram com muita dificuldade, por ser um animal de grande porte, mataram e pasmem: os pescadores comeram. Foi dividido para muitos pescadores que não estão com renda, pois as barracas estão fechadas”, afirmou uma testemunha.

Nas redes sociais, a Associação dos Moradores do Povoado de Balbino disse que vai apurar os fatos ocorridos. “Nos comprometemos a apurar os fatos ocorridos na Praia do Balbino na manhã deste domingo e a tomar as medidas que julgarmos pertinentes. Não nos furtaremos da responsabilidade que nos cabe, enquanto associação reconhecida pela sua história de luta pelo bem-viver nestas terras”, afirmou a associação.

Assista às notícias do Ceará no G1 em 1 Minuto:

Por , em 2021-03-16 17:36:36


Fonte g1.globo.com

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: