Mais de mil capacetes Elmo foram doados à secretaria da saúde para combate à pandemia no Ceará | Ceará – Jornal Notícias do Ceará

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) já recebeu, em doações, 1.062 unidades do capacete Elmo para distribuir à rede pública de saúde. Além dos itens, a Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE) treinou mais de 650 médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e engenheiros clínicos para uso do dispositivo.

Os equipamentos, que podem reduzir em 60% a necessidade de internações em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), foram doados a partir do comprometimento social da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), e Esmaltec, empresa do Grupo Edson Queiroz, que fabrica o aparelho em larga escala.

Capacete Elmo, de tecnologia cearense, diminui risco de intubação de pacientes com Covid-19

Capacete Elmo, de tecnologia cearense, diminui risco de intubação de pacientes com Covid-19

Com os equipamentos, a Sesa faz a distribuição do capacete para unidades da rede pública em todo o estado. Mais de 800 unidades já foram distribuídas no Ceará neste ano. A pedido dos governadores, 65 Elmos foram repassados para hospitais do Amazonas, e 40 para unidades hospitalares do Maranhão.

Nos últimos três meses, a ESP/CE capacitou mais de 650 profissionais de saúde para uso do dispositivo, número acima da meta de 285 servidores previstos para serem treinados no período.

Os treinamentos foram viabilizados a partir de unidades repassadas pela Sesa e Esmaltec. — Foto: Governo do Ceará/Reprodução

Os treinamentos foram viabilizados a partir de 22 unidades do equipamento repassadas pela Sesa e outros dez itens doados pela Esmaltec diretamente à ESP/CE. A capacitação é requisito para que o equipamento fizesse parte das alternativas de tratamento para pacientes com insuficiência respiratória acometidos pela Covid-19.

“O Elmo é resultado, desde sua concepção, de união e solidariedade. Essas doações têm permitido a capacitação de profissionais, que saem prontos para utilizar o equipamento corretamente, da indicação ao seu manejo, e salvar vidas nas unidades de saúde”, afirma o presidente da ESP/CE, Marcelo Alcantara.

A metodologia adotada nos treinamentos itinerantes já foi empregada pela ESP/CE em cidades como Manaus, no Amazonas, Juazeiro do Norte e Sobral, no interior cearense.

As capacitações ocorrem no Centro de Simulação Realística da instituição, espaço que permite, em ambiente simulado, o desenvolvimento de habilidades clínicas.

Ao todo, 650 médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e engenheiros clínicos foram treinados para usar o Elmo. — Foto: Governo do Ceará/Reprodução

A formação contempla a discussão de conteúdo teórico sobre o funcionamento do Elmo, apresentado por um instrutor, a aplicação do aparelho e as habilidades que os profissionais precisam desenvolver, além da experiência prática do manejo do dispositivo.

“Participar do treinamento foi de suma importância porque o capacete Elmo é uma esperança, pode evitar agravamentos da doença, especialmente a intubação de pacientes”, destaca Denise Martins, enfermeira do Hospital Regional Norte, de Sobral.

O projeto do equipamento Elmo foi idealizado e desenvolvido pelo Governo do Ceará, por meio da Sesa, ESP/CE e Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), Fiec, Senai/Ceará, Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade de Fortaleza (Unifor), com o apoio do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH) e Esmaltec.

Assista às notícias do Ceará no G1 em 1 Minuto

Por , em 2021-03-17 06:00:40


Fonte g1.globo.com

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: