Ouviu os trovões de hoje cedo? Foram mais de 650 descargas elétricas durante chuva no Ceará | Ceará – Últimas Notícias do Ceará – Jornal Notícias do Ceará

A Enel adverte para os cuidados a serem tomados dentro e fora de casa durante chuvas com raios (Foto: Ron Rev Fenomeno/Pixabay) (Foto: Fco Fontenele)

As chuvas fortes da madrugada desta quarta-feira, 17, assustaram muitos cearenses. Relatos de trovões, acompanhados também do registros de raios, foram constantes nas redes sociais. Segundo a Enel Distribuição Ceará, de ontem para hoje já foram contabilizados 656 raios, com maior número de registros em Santa Quitéria (193), Hidrolândia (167) e Russas (44). A Capital não registrou descargas nas últimas 24 horas, acumulando apenas 16 raios em 2021.

LEIA MAIS: Fortaleza tem madrugada e manhã de chuva e trovões

Esses registros vieram acompanhadas de chuvas em pelo menos 72 municípios do Estado, entre as 7 horas de terça até o mesmo horário desta quarta. Os maiores registros foram em municípios da Ibiapaba e Litoral Norte, segundo os dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Coreaú (Posto Sitio Urubu), com 52mm, Trairi (Posto Trairi), com 50mm e Martinópole (Posto Martinópole), com 46mm são os destaques do dia com as máximas de volume registradas.

Mais de 42 mil raios em 2021 no Ceará 

De acordo com os dados parciais registrados até a manhã de hoje, 17, foram contabilizados 42.417 raios em todo o Estado desde o início do ano, por meio do Sistema de Monitoramento e Alerta, que monitora, entre outras ocorrências, as descargas atmosféricas. Dentre as macrorregiões mais afetadas: Sertão de Crateús lidera os registros, com um total de 8.016 raios; seguido pelo Litoral Norte (6.477) e Sertão de Sobral (6.313). A Grande Fortaleza é a macrorregião com menos registros de raios neste ano, totalizando 345 descargas.

Até então, os municípios mais atingidos são Granja (3.066), Santa Quitéria (1.676), Crateús (1.547), Sobral (1.257) e Morada Nova (1.139). Neste mês de março, foram registradas mais de 13 mil descargas, com destaque para o primeiro dia do mês que segue com a maior incidência de descargas atmosféricas no Ceará, totalizando 2.429. Entretanto, fevereiro ainda lidera com o maior volume no ano, totalizando 20.960. 

LEIA MAIS: Ceará registra 29.275 raios durante os dois primeiros meses de 2021; número é o menor em três anos

Os municípios que mais receberam a descarga atmosférica em janeiro e fevereiro foram: Granja (2.607), Crateús (1.238), Santa Quitéria (887), Tamboril (841) e Tianguá (625). Em 2019, mais de 60% dos raios também haviam sido registrados nesses municípios, sendo o maior número em Santa Quitéria.

Além de chuvas, ventos fortes, queimadas e descargas atmosféricas, o Sistema de Monitoramento e Alerta auxilia na verificação de possíveis ocorrências na rede da distribuidora, como explica a Enel. O sistema funciona 24 horas por dia pelo Centro de Controle do Sistema (CCS), a partir de satélite, com dados fornecidos em tempo real pelo Climatempo. 

A empresa afirma também que com essas informações os técnicos e os engenheiros monitoram, em tempo real, todo o Ceará e, em caso de alguma ocorrência, pode agir de maneira mais assertiva e rápida, otimizando o serviço em caso de interrupção no fornecimento de energia. 

Confira cuidados para se ter durante tempestade

Dentro de casa

  •  Evitar o uso do celular, secador de cabelo e ferro elétrico conectados à tomada;
  •  Evitar uso de chuveiro ou torneira elétrica;
  •  Evitar consertos de instalações elétricas;
  •  Se possível, permanecer dentro de casa enquanto a tempestade durar.

Fora de casa

  • Evitar contato com objetos metálicos, como cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas;
  • Evitar estar em locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados.



Por , em 2021-03-17 13:41:00


Fonte www.opovo.com.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: