Seis hospitais de Fortaleza estão com UTIs lotadas na véspera da flexibilização | Coronavírus em Fortaleza, Ceará e Mundo – Jornal Notícias do Ceará

Número de leitos no Estado foi ampliado durante a pandemia. (Foto: Reprodução/Twitter)

Um dia antes do início da reabertura de atividades econômicas no Ceará, Fortaleza apresenta seis hospitais com taxa de ocupação de 100% em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Os dados são fornecidos pela plataforma Integrasus, gerida pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), e foram atualizados às 11h04min deste domingo, 11.

Além desse cenário, as informações da plataforma apontam que, das 17 unidades de saúde presentes em Fortaleza, 12 estão com ocupação de leitos de UTI em nível igual ou superior a 90%. As unidades que estão com capacidade máxima lotada são: Casa de Saúde e Maternidade São Raimundo, Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara, Hospital José Martiniano de Alencar, Hospital Otoclínica, Hospital São Carlos e Hospital São José de Doenças Infecciosas.

Em Fortaleza, considerando todas as vagas de UTI – adulto, gestante, infantil e neonatal -, a taxa de ocupação geral de leitos de UTI alcança a marca de 93,08%. A porcentagem de ocupação de leitos de UTI adulto chega a 96,02% e a de UTI gestante está em 100%. Nas vagas infantis, a porcentagem é de 81,58%.

| LEIA TAMBÉM | Flexibilização do lockdown: missas continuarão sem público presencial

Os dois hospitais com mais leitos disponíveis, o Hospital Regional da Unimed e o Hospital Estadual Leonardo da Vinci (HELV), estão com 95,08% e 94,86% de ocupação, respectivamente. O primeiro apresenta 183 leitos ativos e 174 ocupados, enquanto que o segundo tem 175 leitos ativos e 166 ocupados. De acordo com informações do Integrasus atualizadas às 7h23min deste domingo, na fila de espera por leitos de UTI na Capital cearense estão aguardando 173 pessoas, sendo a maior parte composta por pacientes com mais de 60 anos.

O anúncio da retomada de atividades foi feito no sábado, 10, pelo governador Camilo Santana (PT). No Ceará, haverá toque de recolher das 20 às 5 horas da manhã durante a semana. Nos fins de semana, haverá lockdown. Assim, somente atividades consideradas essenciais poderão funcionar no sábado e no domingo. A abertura do comércio será feita gradualmente e há atividades que seguirão restritas.

Por , em 2021-04-11 11:58:00


Fonte www.opovo.com.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: