Fortaleza sofre com atuação de gala de goleiro rival, mas goleia em retorno ao Campeonato Cearense – Jornal Notícias do Ceará

O Fortaleza voltou a disputa do Campeonato Cearense com vitória. Com dois gols de Robson e de Wellington Paulista, o Leão do Pici confirmou o favoritismo e passou pelo Caucaia na noite deste sábado (01), na Arena Castelão.

Soberano durante todo o jogo, o Fortaleza só não venceu por um placar ainda maior pela excelente atuação do goleiro Uoston, do Caucaia, que foi o protagonista da equipe visitante, com ao menos cinco intervenções essenciais.

PRIMEIRO TEMPO

A etapa inicial começou com o Fortaleza em cima do Caucaia. Com menos de um minuto, a defesa do Caucaia falhou e a bola sobrou para Yago Pikachu, que chutou de primeira e obrigou o goleiro Uoston a fazer uma grande defesa.

Com pressa para abrir o marcador, o Leão do Pici chegou novamente aos dois minutos. Após bom lançamento de Yago Pikachu, David tentou um toque por cobertura, mas a bola ficou nas mãos do arqueiro do Caucaia.

Ainda no ataque, o Fortaleza levou perigo novamente, desta vez com Robson. Após com lançamento de Tinga, o atacante invadiu a área e chutou, mas foi bloqueado pela defesa.

De tanto pressionar, o Fortaleza chegou ao primeiro gol do jogo aos 10 minutos. Após cobrança de escanteio de Matheus Vargas, Robson subiu mais alto que a defesa do Caucaia na segunda trave e cabeceou no canto esquerdo, sem chances para Uoston.

Imparável, o Fortaleza levou perigo novamente aos 12 minutos. Em boa troca de passes, a jogada chegou em Robson na entrada da área, que chutou e a bola passou com perigo por cima da meta do Caucaia.

O Leão do Pici seguiu comandando o jogo e chegou novamente aos 21 minutos. Em jogada ensaiada, Matheus Vargas cobrou um escanteio na entrada da área para David, que chutou sem marcação, mas a bola passou sem perigo.

Após sofrer tanto, o Caucaia chegou pela primeira vez apenas aos 24 minutos e empatou o jogo. Em jogada pela esquerda, Éderson derrubou Wendel dentro da área e a arbitragem marcou pênalti sem hesitação. Na cobrança, o próprio camisa 10 visitante chutou no meio do gol e igualou o placar da Arena Castelão.

Ainda no comando do jogo, o Fortaleza perdeu mais uma grande chance aos 29 minutos. Em lançamento pela direita, Robson invadiu a área, mas o chute saiu sem direção pela esquerda da meta do Caucaia.

Aos 34 minutos o Fortaleza chegou novamente e colou mais uma figurinha no álbum de chances perdidas. Em bom lançamento, a bola sobrou para Robson na pequena área, mas o atacante cabeceou errado e a bola passou por cima do gol de Uoston.

Aos 38 minutos os donos da casa chegaram de novo e desta vez o goleiro Uoston levou susto com fogo amigo. Em cruzamento da direita, o zagueiro Ivan tentou cortar, mas a bola foi para trás e tirou tinta da trave esquerda do Caucaia.

Seguindo no ataque, o Fortaleza deu mais trabalho para o goleiro Uoston. Em bom cruzamento de Bruno Melo, Robson antecipou a defesa e cabeceou para mais uma ótima intervenção do arqueiro visitante.

A sorte cantou novamente para o goleiro Uoston aos 42 minutos. Em cruzamento pela esquerda, o zagueiro Ivan voltou a errar e o corte saiu em direção ao próprio gol, mas na direção do arqueiro do Caucaia.

A enorme pressão do Leão do Pici deu resultado já nos acréscimos. Em boa troca de passes, Yago Pikachu cruzou pela direita para Robson, que cabeceou na entrada da área. O goleiro Uoston ainda tocou na bola, mas não impediu a bola de alcançar as redes da Arena Castelão.

O Fortaleza chegou novamente com perigo aos 50 minutos. Em cobrança de falta pela esquerda, a bola passou direta para o gol e obrigou Uoston novamente a trabalhar.

SEGUNDO TEMPO

A etapa complementar se iniciou da mesma maneira que o primeiro tempo. Em menos de dez minutos, o Fortaleza empilhou chances de gol com Yago Pikachu, Tinga e Bruno Melo.

Seguindo dono do jogo, o Fortaleza levou perigo novamente aos 19 minutos com o volante Éderson. De longa distância, o volante arriscou o chute e a bola passou pela esquerda da meta do Caucaia.

Se o Fortaleza não fez um placar histórico na Arena Castelão o culpado tem um nome: Uoston. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Quintero subiu mais que todo mundo e cabeceou forte para excelente defesa do goleiro do Caucaia, que ainda contou com a ajuda do travessão para afastar o perigo do gol.

Aos 25 minutos novamente o Fortaleza parou em Uoston. Após bela tabela de David e Wellington Paulista, o camisa 17 do Leão do Pici saiu cara a cara com o goleiro visitante, que salvou novamente o Caucaia.

Com o controle absoluto do jogo, o Fortaleza chegou ao terceiro gol com seu principal atacante. Wellington Paulista recebeu em velocidade e livre, entrou na área e acertou uma bomba na gaveta do Caucaia e ampliou o placar aos 35 minutos da etapa complementar.

Para fechar o placar, o Leão do Pici ampliou novamente com Wellington Paulista já nos acréscimos. Em ótimo contra-ataque, o artilheiro saiu na cara de Uoston e deu apenas um toque para encobrir o goleiro e fazer 4 a 1 para o Fortaleza.

PRÓXIMOS JOGOS

Ainda sem datas e horários confirmados, Fortaleza e Caucaia devem voltar aos campos pela 3ª rodada do Campeonato Cearense. Enquanto o Fortaleza deve encarar o Pacajus fora de casa, o Caucaia deve receber o Atlético.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA x CAUCAIA – 2ª FASE DO CAMPEONATO CEARENSE – 2ª RODADA
Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)
Data-Horário: 01/05/2021 – 19h (de Brasília)
Árbitro: Luiz César Magalhães (CE)
Auxiliares: Anderson Moreira de Farias (CE) e George Genuca de Souza (CE)
Cartões amarelos: Quintero (FOR); Ivan, Wendel, Uoston (CAU)
Gols: Robson (10’/1ºT), Wendell (24’/1ºT), Robson (46’/1ºT), Wellington Paulista (35’/2ºT), Wellington Paulista (47’/2ºT)

FORTALEZA (Técnico: Léo Porto)
Felipe Alves; Tinga, Quintero, Marcelo Benevenuto e Bruno Melo; Éderson (Felipe, aos 20’/2ºT), Matheus Jussa e Matheus Vargas (Isaque, aos 34’/2ºT); Yago Pikachu (Wellington Paulista, aos 20’/2ºT), David (Osvaldo, aos 26’/2ºT) e Robson (Romarinho, aos 24’/2ºT).

CAUCAIA (Técnico Leandro Flávio)
Uoston; Bahia, Ivan (Jean Carlos, aos 36’/2ºT), Kelven (Samuel, aos 26’/2ºT) e Matheus Maranguape; Wilker, Michael e Wendel; Jonathan (Toró, aos 17’/2ºT), Vitinho (Luquinhas, aos 36’/2ºT) e Victor Ribeiro (Diego, aos 0’/2ºT).

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto

+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH

+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS



Por , em 2021-05-01 21:10:00


Fonte istoe.com.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: