Fortaleza começa vacinar público da 3ª fase nesta quarta-feira | Ceará – Jornal Notícias do Ceará

Fortaleza inicia nesta quarta-feira (5) a vacinação do grupo da 3ª fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19, que contempla pessoas com comorbidades e deficiência permanente grave. Grávidas e puérperas também serão contempladas com a vacinação nesta terceira fase. O avanço foi anunciado na noite desta terça-feira (4) pelo prefeito Sarto Nogueira (PDT).

  • Grupo da 3ª fase da vacinação no CE deve apresentar atestado, declaração ou relatório médico; confira modelos

“Nesta quarta-feira, nós vamos começar a vacinar a terceira fase. Pacientes com comorbidades, gestantes, puérperas, e pessoas com deficiência permanente”, disse o prefeito, em anúncio. Para ter acesso ao agendamento na terceira fase é necessário realizar o cadastro na plataforma Saúde Digital.

A possibilidade do avanço já havia sido anunciada pela secretária Executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde do estado (Sesa), Magda Almeida. Em vídeo divulgado na semana passada, Magda reforçou que é importante que as pessoas estejam cadastradas na plataforma Saúde Digital, colocando em qual categoria de comorbidade se encaixa.

  • Gestantes e puérperas com comorbidades que possuem entre 18 e 59 anos;
  • Pessoas com Síndrome de Down que possuem entre 18 e 59 anos;
  • Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise) que possuem entre 18 e 59 anos;
  • Pessoas entre 55 e 59 anos com comorbidades, seguindo a sequência definida na comissão; Intergestores Bipartite N°40 (CIB/CE): Cardiopatia; Diabetes; Obesidade IMC>40; Doença Neurológica; Pneumopatias; Doença Renal Crônica; Imunodeficiência e outras;
  • Pessoas entre 55 a 59 anos com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Segunda convocação – agendados:

  • Gestantes e puérperas, independente de comorbidades, acima de 18 anos
  • Pessoas entre 18 e 54 anos com comorbidades e deficiência permanente.

Os agendados para receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19 terão que apresentar, no ato da convocação, documentos comprobatórios, além de identificação original com foto, CPF e comprovante de endereço. Aqueles que possuem comorbidades e deficiência permanente devem apresentar, de forma impressa, o atestado, relatório ou prescrição médica indicando o motivo para a aplicação da vacina, com validade de até um ano.

No caso das gestantes, é necessário apresentar um documento comprobatório da gravidez, como o cartão do pré-natal. Já no caso das puérperas (45 dias após o parto), será necessário apresentar a certidão de nascimento do bebê.

As doses da vacina Pfizer/BioNTech que chegaram ao Ceará vão ser aplicadas exclusivamente em Fortaleza, em razão das especificidades de transporte e armazenamento. Elas também vão ser aplicadas, inicialmente, no grupo prioritário da 3ª fase, que envolve pessoas com comorbidades, devido ao quantitativo recebido.

“Nesse primeiro momento, pelo número reduzido de doses e pela logística, essa vacina vai ficar somente para Fortaleza e para pessoas da terceira fase”, reforça Magda Almeida, secretária executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

Assista às notícias do Ceará no G1 em 1 Minuto:

Por , em 2021-05-04 18:52:31


Fonte g1.globo.com

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: