Ceará recebe novas doses da Coronavac e Astrazeneca e deve alavancar calendário – Jornal Notícias do Ceará

O Governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou que o estado irá receber durante essa semana mais de 490 mil doses de vacinas contra Covid-19. Serão 236.950 da AstraZeneca, 163.200 da CoronaVac e 93.600 da Pfizer.

Ceará recebe novas doses da Coronavac e Astrazeneca e deve alavancar calendário (Imagem: Tatiana Fortes / Governo do Ceará)

O governo estadual aguarda a confirmação da data e horário de entrega a ser definido pelo Ministério da Saúde. Ao todo serão 493.750 doses de vacina contra a Covid-19, sendo quase a metade da AstraZeneca.

Camilo declarou que está em negociação com a empresa chinesa Sinovac para a compra de 3 milhões de doses da CoronaVac. Diante disso, mantém contato com o Instituto Butantan, que representa o laboratório no Brasil e com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

O governo do Ceará também aguarda a entrega de 190 mil doses da vacina russa Sputnik V. Essas foram negociadas diretamente com o Fundo Soberano Russo. Até o momento, o estado já recebeu mais de 6 milhões de doses em 51 lotes.

O Ministério da Saúde disponibilizou doses da CoronaVac (Sinovac/Butantan), AstraZeneca/Fiocruz, Pfizer/BioNtech e Janssen/ Johnson & Johnson. Com isso, o estado já vacinou mais de 40% dos cearenses, com a 1ª dose:

  • População total estimada (2020): 9.187.103;
  • 1ª dose: 3.744.209 pessoas;
  • 2ª dose: 1.362.816 pessoas;
  • Dose única: 148.385.

De acordo com o Plano Estadual de Operacionalização da Vacinação do Ceará, entre os dias 27 de julho a 25 de agosto devem ser imunizadas as pessoas de 29 a 18 anos. Para receber as doses é preciso realizar o agendamento no site Cadastro Estadual de vacinação contra COVID-19.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE


OPORTUNIDADE

imagem do cartão


Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!


277 pessoas solicitando no momento…

Ao acessar a plataforma será necessário clicar na opção “Ainda não tenho cadastro”. Logo após, será preciso preencher as informações pessoais sobre o indivíduo a ser cadastrado (nacionalidade, CPF, nome completo, nome da mãe, data de nascimento, fone de contato, sexo, raça/cor e profissão).

Depois de preencher essas informações, a plataforma solicitará os dados sobre endereço. Além disso, será informar um endereço de e-mail e criar uma senha de acesso para finalizar o cadastro.

O sistema enviará uma mensagem para o e-mail cadastrado, para que a verificação seja feita e o processo consolidado. O e-mail e senha criada serão o login e a senha de acesso para acompanhar o processo de vacinação, como datas e grupos contemplados.

Glaucia Alves

Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.



Por , em 2021-07-28 10:47:25


Fonte fdr.com.br

Redação

Deixe uma resposta