Mais Empregos Ceará: ampliação do projeto é aprovada na Assembleia Legislativa; veja as mudanças | Ceará – Jornal Notícias do Ceará

Com as alterações, o programa pretende beneficiar 20 mil trabalhadores que podem variar entre microempreeendores individuais, micro, pequenas, médias e grandes empresas, que desenvolvam atividades de comércio ou serviços, com prioridade para os setores de alimentação fora do lar, incluindo bares e restaurantes, e de eventos, legalmente formalizadas e com sede no estado.

Conforme o governo, o programa vai pagar metade do salário mínimo vigente por um período de até 180 dias, com limite de até 100 vínculos por empresa. Esse benefício se limita aos novos empregos gerados após a aprovação da iniciativa.

“Digamos que a empresa tem cinco empregados e agora vai contratar mais cinco. Como estímulo do governo para gerar mais emprego, nós vamos pagar 50% do salário desse trabalhador. É uma forma de auxiliar a economia”, exemplificou Camilo Santana, à época do lançamento do Mais Empregos.

O governo ainda não divulgou novas parciais, mas até setembro, 700 empresas se cadastram para participar do projeto. As inscrições começaram no dia 6 de setembro, e podem ser feitas pelo site do Mais Empregos.

Por , em 2021-11-04 15:44:13


Fonte g1.globo.com

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: