Crimes Violentos Letais e Intencionais apresentam redução de 18,8% em 2021 no Ceará – Jornal Notícias do Ceará







10 de novembro de 2021 – 16:25
#Inteligência #PC-CE #PMCE #SSPDS #trabalho integrado



Os trabalhos integrados realizados pelas Forças de Segurança culminaram na redução de 18,8% nos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) no balanço deste ano. Os dados, compilados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), são referentes aos meses de janeiro a outubro de 2021.

No ano passado, o Ceará registrou 3.377 mortes violentas no período de janeiro a outubro. Neste ano, no mesmo período e, com a intensificação do trabalho das Forças de Segurança, o Estado apresentou uma redução de 18,8%, quando o número caiu para 2.742.

A retração dos índices também foi registrada na Capital. Entre janeiro e outubro de 2021, Fortaleza apresentou um recuo nos CVLIs de 27%, indo de 1.023 mortes, no ano passado, para 746, neste ano. O gestor da SSPDS, Sandro Caron, frisou que o resultado é fruto de um trabalho integrado entre as Polícias do Ceará com o auxílio de ações de estratégia e de inteligência com o foco no combate aos crimes.

“Este recuo nos números é resultado de muitas ações operacionais realizadas pelas Forças de Segurança com foco no combate aos crimes como homicídios, tráfico de drogas, crimes contra o patrimônio, sexuais, entre outros, além de trabalharmos sempre visando o enfraquecimento e a desarticulação de grupos criminosos responsáveis por delitos criminosos no Estado. Seguimos na luta buscando melhorar ainda mais a redução desses índices e aumentar a percepção de segurança dos cidadãos cearenses”, ressaltou ele.

No mês de outubro de 2021, a retração no Ceará foi de 7,5% nos CVLIs, em comparação ao mesmo mês do ano passado. Foram 322 casos em 2020, e 298, neste ano.

Investimentos

No último dia 15 de outubro, o governador do Ceará, Camilo Santana, anunciou o investimento de mais de R$ 120 milhões, por ano, para o reforço operacional nas ruas de todo o Estado do Ceará para que os indicadores criminais sigam em redução. Esse valor, que foi direcionado já em outubro para as pastas da segurança pública, permitirá o aumento nos pagamentos de horas extras aos homens e mulheres que atuam nas polícias cearenses, assim como o aumento do número de viaturas nas ruas.

O chefe do Executivo estadual também deu posse a 247 novos oficiais da PMCE, no dia 19 de outubro, o que complementa os trabalhos ostensivos em todo o território cearense. O Governo do Ceará tem investido na realização de concursos para a Segurança Pública. Estão em andamento certames da Perícia Forense, da Polícia Civil e da Polícia Militar do Ceará. Ao término de todos, serão mais de dois mil novos profissionais de segurança, incluindo cadastro reserva, aprimorando a parte ostensiva, investigativa e científica das Polícias do Ceará.

De forma permanente, a SSPDS realiza ainda ofensivas como as operações Domus, Sumé, Apostos e Redoma. Esse trabalho diário com intuito de coibir ações criminosas no Ceará já resultou em quase 25 mil pessoas capturadas, sejam por flagrantes ou por cumprimento de mandados. Também no acumulado do ano, foram apreendidas mais de 4,9 toneladas de drogas. Já quando se trata de armas de fogo, mais de 4.433 foram retiradas de circulação em todo o Ceará.



Por , em 2021-11-10 16:25:00


Fonte www.sspds.ce.gov.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: