Análise: Ceará sente peso dos desfalques e segue sem vencer como visitante na 31ª rodada | ceará – Jornal Notícias do Ceará

Com um primeiro tempo apagado, o Ceará perdeu para o Athletico-PR fora de casa por 2 a 1 pela 31ª rodada da Série A. No segundo tempo, chegou a empatar com o atacante Rick, mas permitiu, em uma desatenção da defesa, que o adversário ficasse à frente depois de uma cobrança de escanteio. O time segue com 39 pontos e sem vencer como visitante até 31ª rodada.

Tiago Nunes escalou Rick, Gabriel Lacerda e Klaus no lugar dos suspensos Jael, Luiz Otávio e Messias. Além disso, sacou Erick do time e escalou Marlon. Ofensivamente, o Ceará não engrenou no primeiro tempo. O Athletico-PR teve oportunidades com Renato Kayzer e Terans antes de chegar ao gol com Kayzer, nos minutos finais da primeira etapa. O Vozão só ameaçou com Vina, em defesa de Santos.

No gol do Ceará, uma desatenção do zagueiro Klaus foi decisiva. A dupla de zaga, completamente nova, parecia sem conexão. E o ataque também não funcionou. O Ceará teve menos posse de bola (46% x 54%) e menos finalizações (5 x 9).

Quem esperava mudança no intervalo se frustrou. Mas por pouco tempo. Porque, após chutaço de Mendoza, Rick aproveitou o rebote de Santos e marcou: 1 a 1. O Ceará melhorou no jogo, sem dúvida. Mas, em cobrança de escanteio, o Athletico-PR chegou ao segundo após cabeceio Pedro Henrique, sem ninguém do Ceará chegar para evitar. Nova desatenção que custou caro.

Mendoza ainda reclamou bastante de uma, segundo ele, falta de Pedro Henrique dentro da área. Mas a arbitragem não marcou. Tiago Nunes recebeu amarelo por reclamação. E, depois, fez várias alterações buscando diminuir o prejuízo. O Ceará acabou não ameaçando mais Santos. Por fim, ainda perdeu Fernando Sobral, expulso.

O Alvinegro continua com os 39 pontos, tentando chegar aos 45 para se livrar completamente do risco de rebaixamento e sonhar com algo a mais. O Ceará recebe o Sport no domingo, às 19h, no Castelão, pela 32ª rodada. A boa notícia é que Messias, Luiz Otávio e Jael retornam. De fato, o time sentiu o peso de não tê-los e a derrota veio.

BRASILEIRO A 2021, ATHLETICO-PR X CEARÁ — Foto: Robson Mafra/AGIF

Por , em 2021-11-11 08:55:26


Fonte ge.globo.com

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: