Polícia invade e fecha fábricas em Fortaleza que vendiam armas pelas redes sociais | Ceará – Jornal Notícias do Ceará

Segundo a polícia, os dois eram responsáveis pela produção e pela comercialização ilegal do material. A venda e o aluguel do arsenal eram feitos em redes sociais.

A ação faz parte de uma operação da Polícia Civil, ainda em andamento, que tem o objetivo de cumprir mandados de prisão contra suspeitos de homicídios e de checar denúncias que chegam à Divisão de Homicídios.

A Secretaria da Segurança afirma que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As informações podem ser encaminhadas para o número (85) 3257-4807.

As denúncias também podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública, ou para o WhatsApp (85) 3101-0181, por onde podem ser enviados vídeos, fotos, áudio e mensagens.

Assista às notícias do Ceará no g1 em 1 Minuto:

Por , em 2021-11-11 09:58:56


Fonte g1.globo.com

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: