Sesa recebe visita técnica do Conass para discutir melhorias na Atenção Primária pós-pandemia de Covid-19 – Jornal Notícias do Ceará







11 de novembro de 2021 – 19:09
#Atenção Primária #Ceará #Conass #covid-19 #saúde #Sesa #SUS


Assessoria de Comunicação da Sesa

Texto e foto: Suzana Mont’Alverne


Iniciada na quarta (10) e finalizada nesta quinta-feira (11), programação reuniu, ainda, apresentação de novo modelo de regionalização em saúde no Estado e oficina para construção do Plano de Saúde Regional do Litoral Leste/Jaguaribe

Estratégias que visem ao fortalecimento e reestruturação da Atenção Primária em Saúde (APS) têm sido discutidas pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e pelo Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass), principalmente diante do período de queda constante no número de atendimentos por Covid-19 no Estado e de retorno de serviços que estavam suspensos por causa da pandemia.

Em reunião nesta quinta-feira (11) na sede da pasta estadual, representantes da Sesa e do Conass traçaram possibilidades para ampliar o atendimento no primeiro nível de atenção em saúde, considerado a porta de entrada do Serviço Único de Saúde (SUS). “A pandemia exigiu um investimento maior na rede hospitalar, obviamente. Neste momento de queda no número de casos graves decorrentes da infecção pelo coronavírus, é nosso papel voltar a priorizar essas unidades e todas as demandas que foram reprimidas”, afirma o secretário da Saúde do Ceará, Marcos Gadelha.

Segundo o gestor, além de ações e políticas de regionalização, “que já são uma prioridade da nossa gestão, vamos também mapear os equipamentos primários, montando uma linha de cuidado, restabelecendo fluxos, para facilitar, assim, o acesso da população”.

O plano de ação elaborado pela Sesa prevê o fortalecimento dos equipamentos de saúde e a qualificação dos atendimentos. A proposta é vista com entusiasmo pela facilitadora do Conass, Marta Oliveira. “O bom funcionamento da atenção básica é fundamental para os serviços de outras estruturas. Será um prazer acompanhar de perto este momento de transição pós-pandemia”, pontua.

Estratégia

Aquisição de computadores, instalação de cabeamento para acesso à internet em todas as unidades básicas de saúde estaduais e ampliação do cadastramento das famílias do território cearense serão algumas das estratégias para o melhor desempenho e assistência da atenção primária.

Também será priorizada no plano a obtenção de equipamentos voltados para a qualificação da assistência à saúde materno-infantil (pré-natal e puericultura). “O investimento busca ampliar o acesso e a qualidade do pré-natal e a redução das mortalidades marterna e infantil no Ceará”, ressalta o titular da Sesa.

No planejamento, a pasta também propõe integrar a gestante como beneficiária do Cartão Mais Infância Ceará, assegurando atendimento especializado, com consultas e exames, além de elaborar protocolo para inclusão do critério de vulnerabilidade social para mulheres em gravidez de risco.

Programação

As discussões sobre a reestruturação da APS fizeram parte de visita técnica do Conass à Sesa, iniciada nessa quarta-feira (10). A programação reuniu, ainda, apresentação de novo modelo de regionalização em saúde no Estado, exposição dialogada sobre o Plano Saúde de Fortaleza e oficina para construção do Plano de Saúde Regional do Litoral Leste/Jaguaribe.



Por , em 2021-11-11 19:09:00


Fonte www.saude.ce.gov.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: