Vendas de material de construção saltam 23,6% em setembro no Ceará  – Jornal Notícias do Ceará

O comércio varejista ampliado no Ceará, com a inclusão das vendas do setor de construção civil e automotivo, vai na contramão dos demais segmentos do varejo do Estado, registrando alta de 1,3% nas vendas do mês de setembro com relação a agosto de 2021. Saldo cearense é o segundo maior do País para o período conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

A entidade divulgou nesta quinta-feira, 11 de novembro, a Pesquisa Mensal do Comércio e destaca recuperação de vendas na área de material de construção. O setor saiu de um recuo de 8,7% em agosto e computou aumento de 23,6% nas vendas no nono mês deste ano. No acumulado do ano o saldo do segmento é positivo com aumento de 24,2% no fluxo de vendas desde janeiro de 2021.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Na sequência, as vendas do comércio relacionado a veículos, motocicletas, partes e peças de automóveis em geral segue a tendência de altas. No comparativo de setembro e agosto deste ano o fluxo de consumo dos produtos deste segmento aumento em 19,3%. No acumulado do ano as vendas desta área do comércio varejista no Estado registram aumento de 35,8%, sendo um dos segmentos com recuperação mais acelerada durante a pandemia.

Apesar disso, os setores tradicionais do varejo cearense seguem em dificuldade com relação ao aumento de vendas. Os dados do IBGE destacam que em um ano, ao comparar o saldo de setembro de 2021 e igual período do ano passado, o o comércio varejista cearense teve queda 11%. 

O resultado é puxado por grande reduções dos setores de móveis e eletrodomésticos que acumulam queda de 29,5% nas vendas no último ano, seguido pela área de livros, jornais, revistas e papelaria com queda de 25,6% e Tecidos, vestuários e calçados (-17,0%).

Neste comparativo, apenas a venda de combustíveis e lubrificantes teve saldo positivo com registro de aumento equivalente a 6,1% no fluxo de vendas no Ceará.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Por , em 2021-11-11 12:51:00


Fonte www.opovo.com.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: