Sem ampliação do Governo, Clássico-Rei será disputado com 80% da capacidade do Castelão – Jornal Notícias do Ceará

Em pronunciamento realizado na tarde desta sexta-feira, 12, para anunciar o novo decreto para o momento de pandemia, o governador Camilo Santana não alterou o percentual de 80% de capacidade liberada de público para jogos de futebol na Arena Castelão. Dessa forma, os eventos esportivos seguem sob as mesmas regras vigentes.

O novo decreto basicamente vai implantar a cobrança do passaporte de vacina (que comprova a vacinação das pessoas) em bares, restaurantes e eventos. Camilo Santana citou os testes feitos no futebol e elogiou o trabalho feito pelos clubes cearenses.

“Temos o exemplo do futebol e tem sido cumprido de forma rigorosa. quero parabenizar os times de futebol cearense. Isso permitiu inclusive a elevação do percentual do público presente no Estado do Ceará”, mencionou, o governador. O novo decreto passa a valer a partir do decreto do próximo sábado, 13.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Portanto, o Clássico-Rei entre Fortaleza e Ceará, no dia 17, às 21h30min, pela Série A, terá a capacidade liberada para cerca de 50 mil pessoas no Gigante da Boa Vista. Mandante do confronto, o Tricolor ocupará 70% dos assentos autorizados e cederá os outros 30% para o Vovô.

Após o início da pandemia de Covid-19 no Estado, em março de 2020, a liberação da volta ao público aos estádios ocorreu em 17 de setembro, quando Camilo Santana anunciou a realização de eventos-teste com 10% da capacidade. A primeira partida realizada com presença de torcedores foi Fortaleza x Atlético-GO, no dia 2 de outubro, pelo Brasileirão.

Depois do aval para os jogos com torcida, sem o caráter de evento-teste, o governador autorizou a realização de jogos com 30% de público no estádio, no dia 15 de outubro. No decreto seguinte, em 29 de outubro, a capacidade foi ampliada para 80%.

Apenas torcedores com imunização plena (duas doses ou dose única da vacina) há, pelo menos, 15 dias antes do jogo têm acesso ao Castelão. Crianças (menores de 12 anos) têm presença liberada, sem a exigência de comprovação do esquema vacinal.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Por , em 2021-11-12 12:34:00


Fonte www.opovo.com.br

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: